Prefeitura vai atrasar salários em Ribeirão

Medida afeta servidores que ganham mais de R$ 3,5 mil; confira o cronograma de pagamentos

Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão: Foto: Reprodução Grupo Thathi.

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou, nesta quarta-feira (28), que irá atrasar os salários referentes a agosto. O motivo apontado são as dificuldades financeiras da administração municipal. O Sindicato dos Servidores informou que irá contestar a medida e que pretende ingressar com um pedido de impeachment contra o prefeito Duarte Nogueira (PSDB).

“Devido às dificuldades financeiras enfrentadas pela administração municipal, a Prefeitura alterou o pagamento do funcionalismo Público referente ao mês de agosto. Mesmo com a aprovação do projeto de Previdência pela Câmara Municipal na semana passada (22), não houve tempo hábil para aplica-lo”, diz a nota enviada pela administração.

Segundo a prefeitura, as empresas públicas com receita própria farão o pagamento dos seus funcionários normalmente de forma integral. O mesmo acontecerá com os profissionais da Secretaria da Educação e aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência dos Municipiários.

Quem recebe até R$ 3,5 mil também receberá integralmente os vencimentos, mas os salários superiores serão parcelados. A primeira parcela será de R$ 3,5 mil e o restante do salário será pago no dia 14 do mesmo mês. “É importante ressaltar que o ajuste será feito com base no valor líquido da folha e que a medida será realizada para os pagamentos referentes a agosto”, diz a nota da prefeitura.

Veja como ficará a cronologia de pagamento do funcionalismo do mês de agosto:

  • Autarquias e empresas municipais: pagamento realizado normalmente
  • Secretaria da Educação – pagamento normal no dia 4 de setembro
  • Servidores que recebem acima de R$ 3.500,00 (liquido): RS 3.500,00 no dia 4 e o restante do salário no dia 14 de setembro.

Confira aqui a posição do Sindicato dos Servidores

https://www.facebook.com/MunicipaisRP/videos/354841295404932/?t=18