Prefeitura libera cultos religiosos em Ribeirão

A recomendação é que pessoas do grupo de risco ou com sintomas sugestivos da Covid-19 não devam frequentar os templos

Catedral de Ribeirão Preto - Foto: Divulgação

A prefeitura de Ribeirão Preto publicou no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (12) uma nota técnica com as medidas gerais de prevenção para o restabelecimento de atividades em templos religiosos. A Nota Técnica foi elaborada a partir de discussões junto ao Comitê Técnico de Contingenciamento – Covid 19 e Grupo de Transição e Retomada, com recomendações claras.

Entre as medidas, as igrejas devem manter uma série de procedimentos, como controle de acesso ao templo com limite do número de frequentadores em 30% da capacidade de permanência sentada; garantia do distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas; intervalo mínimo de 2 horas entre celebrações consecutivas e celebrações com horário entre 8h e 21h.

“Para garantir o não retrocesso de fase, é importante a conscientização de cada um de nós. Entre os 19 itens que, seguidos corretamente, garantem a segurança de todos, o mais importante de todos é: pessoas de grupos de risco, como idosos maiores de 60 anos e, principalmente, pessoas com sintomas sugestivos da Covid-19, não devem frequentar os templos”, orientou o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) durante transmissão pelas redes sociais nesta tarde.

“Durante reunião com as cidades da Região Metropolitana, da qual Ribeirão Preto é sede, também compartilhamos este material para que nossa região esteja alinhada e protegendo a população da melhor forma possível”, complementou o chefe do Executivo.

Indicadores

O secretário Sandro Scaprelini comentou os indicadores da doença no município e falou sobre o avanço dos procedimentos de testagem na cidade, que zerou a demanda de testes de Covid-19 represada no laboratório do Supera Parque, responsável por cerca de 51% dos exames realizados em Ribeirão Preto.

“Chegamos a dias em que colhemos 600 exames. Agora, com duas semanas de funcionamento do robô alemão que trouxemos em parceira com a Fiocruz, agilizamos em muito os resultados. Boa parte dos casos positivos divulgados hoje são exames colhidos na semana passada. A partir de amanhã, já com os exames em dia, teremos os resultados em 24 ou 48 horas, no máximo”, disse o secretário.

Nenhuma postagem para exibir