Prefeitura de Ribeirão libera funcionamento do comércio sem restrição de horário

A medida passa a valer a partir desta sexta-feira (10)

Prefeito Duarte Nogueira durante coletiva sobre a Covid-19 em Ribeirão Preto - foto: Alexandre de Azevedo

O prefeito de Ribeirão, Duarte Nogueira (PSDB), liberou o funcionamento dos estabelecimentos comerciais sem restrição de horário, em Ribeirão Preto. A medida passa a valer a partir desta sexta-feira (10).

A possibilidade já havia sido levantada na última coletiva realizada no Palácio do Rio Branco no último dia 30, quando foi anunciado que os empreendimentos poderiam funcionar com 100% do seu espaço preenchido. Na oportunidade, o chefe do Executivo Municipal afirmou que a manutenção da restrição vinha por recomendação de especialistas em razão da variante Delta.

“Vamos liberar a lotação em 100% da capacidade. Mas por orientação de especialistas, vamos esperar mais duas semanas para flexibilizar os horários de funcionamento”, disse Nogueira, em coletiva de imprensa realizada no Palácio do Rio Branco neste dia 30.

Na época, a cidade havia acabado de confirmar oito casos de contaminações pela variante indiana, a Delta. “A variante Delta subiu apenas 10% na cidade. O que era 25%, agora corresponde a 35% dos casos. Já quanto a variante gama, que era responsável por 95% das contaminações, responde por 65%.

A partir de agora, restaurantes, academias, salões de beleza e barbearias, atividades culturais, dentre outros, poderão funcionar sem restrições de horário. Sendo assim, a califórnia brasileira acompanha as regras anunciadas pelo governador João Dória (PSDB), no último dia 17.

Apesar da flexibilização, o secretário municipal de governo, Antônio Daas Abboud, afirmou que ficam mantidos os protocolos de prevenção. “Proibido o atendimento em pé e pistas de dança, é preciso manter o distanciamento de um metro”. Além disso, reforçou a obrigatoriedade no uso de máscaras e a necessidade do fornecimento de álcool em gel.

Dados da pandemia

De acordo com o boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Saúde do município, Ribeirão confirmou, neste dia 10, 96 casos pelo novo coronavírus na cidade. Com isso, a cidade chega a 66.096 confirmações em todo o ano de 2021. Já em relação a toda a crise sanitária, o número alcança os pouco mais de 108 mil exames positivos.

Durante o coletiva de imprensa foi exibido um quadro cujo objetivo era demonstrar a evolução da pandemia na cidade. Os indicadores relativos a confirmações e ocupação de leitos estavam preenchidos na cor verde. Contudo, quando o assunto era morte, variava para o amarelo. Isso porque, o índice deveria estar em três, mas, até o momentos está indicando o valor de 6,38.

Conforme os dados desta segunda, houve o registro de seis novas mortes pela Covid-19, em Ribeirão. Com isso, a cidade atinge os 1.848 óbitos, nos nove meses deste ano. Em relação à toda a pandemia, a soma alcança as 2.892 ocorrência.

Já em relação aos leitos, segundo a plataforma leitoscovid.org, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) está em 42,45% Significa que, dos 147 leitos oferecidos, 92 estão em uso.

Já as enfermarias dentre os 172 leitos oferecidos não estão disponíveis 69, isso corresponde ao percentual de 40,12% do total oferecido.

Nenhuma postagem para exibir