Prefeitura admite suspensão de entrega de cestas básicas nas unidades do CRAS em Ribeirão Preto

Aproximadamente 500 famílias deixaram de receber o benefício

Cestas básicas - foto: Divulgação Prefeitura de Ribeirão Preto

Unidades do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) em Ribeirão Preto enfrentam problemas com a falta de alimentos, que para a prefeitura, é devido a queda nas doações. Consequentemente, diversas famílias carentes, abastecidas pelo programa, deixaram de receber cesta básica da prefeitura da cidade.

As distribuições que aconteceriam nesta terça-feira (26), quarta-feira (27) e quinta-feira (28) foram suspensas por conta da falta de alimentos. Dona Vitalina, uma beneficiada do programa, mora com duas filhas e quatro netos no bairro Ipiranga. “A gente está esperando, disseram que iam ligar em casa para falar o dia que a gente pode ir buscar, mas por enquanto nada”, afirmou.

“Tanta gente precisando e ele tira da boca da gente para poder fazer essas coisas!? (se referindo a reforma da Maria fumaça e à construção da pista de skate) De vez em quando dá uma “pintadinha” igual a gente faz na nossa casa, só o básico”, concluiu a senhora em entrevista ao programa Thathi Repórter. 

Segundo levantamento do Grupo Thathi, cerca de 500 famílias deixaram de receber o benefício da entidade. 

Em nota, a Secretaria Municipal da Assistência Social informou que as entregas foram realizadas por meio das doações à campanha Ribeirão Solidária e, devido a queda no número de doações, a entrega foi suspensa temporariamente. “ A Secretaria Municipal da Assistência Social informa que, até o momento, a entrega das cestas básicas emergenciais foi realizada por meio de doações à campanha Ribeirão Solidária, do Fundo Social de Solidariedade. No entanto, devido à queda nas doações, a entrega foi temporariamente interrompida”, afirmou.