Prefeitura vai investigar uso de poço da Saerp como estacionamento por servidores

Pelas redes sociais, frequentadores de um festival denunciaram o abuso

Filmagens mostram a entrada e saída de pessoas no poço da Saerp durante o final de semana

A Prefeitura de Ribeirão Preto vai investigar se servidores públicos municipais usaram um poço da Saerp (Secretaria de Água e Esgoto) como estacionamento durante este final de semana. Pelas redes sociais, frequentadores de um festival denunciaram a irregularidade.

“O cara chegou aqui com um carrão e parou com a família dentro do prédio do Daerp (autarquia extinta que deu origem à Saerp) num sábado à tarde porque não tem vaga na rua pra ninguém. Tá todo mundo indo pro festival e ele está estacionando o carro num órgão público para brincar com a família na festa. Isso é Ribeirão Preto”, diz o autor das filmagens.

Em outro vídeo, uma frequentadora do evento diz que pagou R$ 10 para estacionar o veículo e que foi ironizada pelo suposto servidor público. O poço citado fica na Avenida Presidente Kennedy.

Em nota, a assessoria de imprensa da administração diz que o caso será apurado. “A Saerp informa que repudia a utilização de espaços públicos para fins particulares, que desconhece a situação, mas irá apurar o caso e tomar as medidas cabíveis.

Nenhuma postagem para exibir