Novo coronavírus: boletins epidemiológicos de Ribeirão Preto serão diários

Determinação tem objetivo de esclarecer a população sobre situação da doença na cidade; Ribeirão não tem casos confirmados

Teste para detectar coronavírus - foto: Getty Images

A Secretaria Municipal da Saúde atualizou nesta terça-feira (17) os casos suspeitos do Covid-19 em Ribeirão Preto. A partir desta semana, os boletins epidemiológicos sobre a situação dos casos suspeitos na cidade serão divulgados diariamente, a partir das 17h. Ribeirão Preto não tem nenhum caso confirmado.

Levantamento do Departamento de Vigilância em Saúde mostra que dos 45 casos notificados, 13 foram descartados e 32 aguardam o resultado. Os exames foram encaminhados para análise ao Instituto Adolfo Lutz, na capital paulista.

Acompanhamento dos casos suspeitos

Sobre o acompanhamento dos casos suspeitos, a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Luzia Márcia Romanholi Passos, explicou que o monitoramento é diário.

“Estamos acompanhando via telefone, com ligações diárias, questionamentos e monitoramento constante sobre o estado clínico e outras informações sobre o estado desses pacientes. Quando necessário, fazemos visita domiciliar, como já foi feito em um caso, com todo cuidado, mas tem transcorrido de maneira tranquila” informou.

Atendimento odontológico

A Divisão Odontológica suspendeu, a partir desta terça-feira (17), os atendimentos odontológicos aos pacientes agendados.

Os atendimentos odontológicos na rede pública de Ribeirão Preto serão realizados apenas em pacientes que estejam em situação de urgência e emergência odontológica.

Durante o atendimento das urgências não poderão ser atendidos dois pacientes ao mesmo tempo. Após atendimento, deve-se fazer assepsia dos equipamentos (cadeiras, equipos etc.) e ventilação (se possível) das salas.

Estão suspensas, também, todas as atividades e ações coletivas como grupos de gestantes, clínica do bebê, escovação dental supervisionada, grupos de diabéticos e hipertensos, triagens e a Campanha de Prevenção Precoce do Câncer de Boca.

As determinações são válidas até o dia 30 de março de 2020 ou mediante novas orientações da Secretaria Municipal da Saúde.

Estrutura de atendimento

O secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, afirmou que Ribeirão Preto tem estrutura para atender casos da doença e pediu tranquilidade à população.

“Estamos reunindo, toda semana, representantes de vários órgãos públicos e privados em saúde de Ribeirão Preto e do Estado, e digo que, desde o início, nós estamos unidos com todas as estruturas no combate, tratamento e prevenção do coronavírus, para dar a melhor resposta à população. Estamos com nenhum caso positivo, mas as coisas podem mudar e estamos preparados para fazer o atendimento, portanto, estamos com todo o sistema de saúde público e privado conjuntamente trabalhando para dar a melhor resposta possível à sociedade”.

Cuidados
A recomendação da infectologista Silva Fonseca é com o surgimento de qualquer sintoma respiratório, como tosse ou espirro. A pessoa não deve trabalhar, a criança não deverá ir para a escola e se houver um deslocamento muito grande, a pessoa deverá colocar a máscara e intensificar a higienização das mãos.

“A grande transmissão do coronavírus é pelas mãos. Se eu estou aqui, por exemplo, com qualquer virose respiratória, se eu tossir, daqui a pouco a pessoa põe a mão, coça o olho, o nariz, é assim que se dá a contaminação e se estiver a um metro de uma pessoa que espirrar, também passa. Água e sabonete, se não houver álcool gel, são eficazes e suficientes”, orientou a profissional.

Protocolo de enfrentamento

O protocolo municipal de enfrentamento ao coronavírus está disponível no site da Secretaria da Saúde