Nogueira aumenta taxa de iluminação pública em R$ 0,25

Segundo prefeitura, medida recompõe parte das perdas inflacionárias; medida vale a partir da próxima conta

Vista noturna de Ribeirão Preto - Foto: Divulgação

A conta de luz vai ficar mais cara para o ribeirão-pretano em 2020. Foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (27) o decreto do prefeito Duarte Nogueira (PSDB) que aumenta em 2,7% a contribuição para custeio da iluminação pública (CIP), que será reajustada para R$ 9,30. Segundo a administração, o novo valor reflete o aumento da inflação em 2019.

É o terceiro aumento da CIP durante o atual governo. No primeiro ano da administração Duarte Nogueira, o valor era de R$ 7,93. Neste ano, o valor pago foi de R$ 9,05, um aumento, portanto, de R$ 0,25 por unidade consumidora na cidade. Estão isentos do pagamento unidades que consomem até 50 KW/h.

A taxa

A CIP foi instituída em Ribeirão Preto em 2002 com o objetivo de custear o consumo de energia. Atende “vias, logradouros e demais bens públicos, e a instalação, manutenção, melhoramento e expansão da rede de iluminação pública”, de acordo com a proposta que a instituiu.