Fiscalização do Daerp encontra quatro fraudes em bairros da zona Sul

Dois hidrômetros estavam com ímãs que travam o funcionamento; fraudadores pagarão multa de quase R$ 4 mil

Equipes do setor de Fiscalização do Daerp flagraram quatro ligações com fraudes nos jardins Califórnia, Irajá e Sumaré e no bairro Alto da Boa Vista, todos na zona Sul. Foram encontradas duas ligações clandestinas e dois hidrômetros com ímã, objeto que paralisa o funcionamento do medidor. Os fiscais chegaram aos locais das fraudes após denúncias anônimas. As ligações clandestinas foram retiradas, assim como os ímãs que impediam o correto funcionamento dos hidrômetros.

Continua depois da publicidade

Os usuários que fraudaram as ligações foram autuados e pagarão multa de R$ 3.979,50. Além da multa, nos quatro casos, o Daerp fará uma média de consumo e cobrará a diferença retroativa à até 60 meses.

Dos quatro flagrantes de fraudes, apenas um – no Alto da Boa Vista – foi em residência. Os demais foram em estabelecimentos comerciais. Em um dos locais, os fiscais encontraram uma residência, mas com funcionamento de uma atividade comercial e uma de prestação de serviço.

Fiscalização

O Daerp tem intensificado a fiscalização contra ligações clandestinas e fraudes nos sistemas de distribuição para inibir a prática de furto de água, o que vem permitindo o aumento das autuações. A fraude no sistema é um dos itens contabilizados como perda, porque a água fornecida não é paga pelo consumidor.

“Nós vamos ampliar cada vez mais as ações da fiscalização, com o objetivo de inibir as fraudes. Quem frauda o sistema não prejudica apenas o Daerp com a falta de pagamento, mas também a população, porque reduz a quantidade de recursos para a manutenção dos serviços e investimentos”, afirma Marcus Berzoti Ribeiro, diretor Comercial e Financeiro do Daerp.