Entrega atrasa de novo e fim das obras da Mugnatto Marincek deve ficar para setembro

Prefeitura diz que via está liberada para tráfego, mas há serviços por finalizar; entroncamento com Anhanguera é ponto crítico

Ciclovia da avenida Antonia Mugnatto Marincek: obra ainda precisa ser finalizada - Foto: Desirée Teixeira

Não foi dessa vez que a novela envolvendo as obras de duplicação da avenida Antônia Mugnatto Maricenk terminaram. A prefeitura adiou a entrega pela quinta vez e, apesar de liberada para tráfego, a duplicação da via só deve ser finalizada em setembro. A prefeitura, entretanto, não confirmou o prazo, mas admitiu o atraso.

Com custo de R$ 25 milhões, a duplicação da avenida foi iniciada em junho de 2016, mas foi paralisada por uma série de problemas com a a empresa que deveria realizar a obra.  Depois da troca da empresa, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) chegou a declarar, em dezembro de 2017, que as obras ficariam prontas para o Natal de 2018.

A promessa não foi cumprida, mas houve um novo prazo dado pela prefeitura: março de 2019. De março, passou para junho e, depois, para o fim de agosto. Agora, o novo prazo é setembro.

Procurada, a Secretaria de Obras Públicas admitiu o novo atraso no cronograma. “Em etapa final, faltam para a conclusão da obra reparos nas calçadas, finalização das ciclovias no canteiro central e implantação do entroncamento da Avenida Antônia Mugnatto Marincek com a Rodovia Anhanguera, na altura do quilômetro 316”, disse. A administração não informou, até o momento, quando a obra será, finalmente, finalizada.

Vistoria

Nesta quarta-feira (14), Nogueira esteve no local vistoriando as obras. A nova via já foi liberada à população e a construção das pontes sobre o córrego das Palmeiras também já foi concluída. Mas ainda fatam parte das obras para que a construção esteja terminada.

Nogueira, entretanto, comemora a entrega.“São quatro quilômetros de avenida toda duplicada, nove mil árvores plantadas, ciclovia ao longo de todo o trajeto, desde o Antônio Palocci até a confluência com a Rodovia Anhanguera. Ela já está toda iluminada, pavimentada, com guias, sarjetas e galerias. Sem dúvidas, é uma das avenidas mais bonitas de Ribeirão, entregue agora à população”, afirma.

Nenhuma postagem para exibir