Corredores de ônibus das avenidas Dom Pedro I e Saudade serão os maiores de Ribeirão Preto

Eixo da Dom Pedro terá 5,53 km e, o da Saudade, 5,28, beneficiando dois milhões e meio de usuários do transporte coletivo

Foto: Alexandre de Azevedo
Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Ribeirão Preto fará a implantação dos corredores de ônibus nas avenidas Dom Pedro I e Saudade – rua São Paulo. Com 5,53 e 5,28 quilômetros de extensão, respectivamente, estes serão os maiores corredores da cidade, beneficiando cerca de dois milhões e meio de usuários do transporte coletivo.

As obras também contemplam a implantação de ciclovias nas avenidas Luiz Galvão Cezar, Octávio Golfeto e Francisco Maggioni, totalizando 2,92 quilômetros de extensão.

A ordem de serviço para o início das obras foi assinada pelo prefeito Duarte Nogueira na manhã desta quarta-feira (15) e contou com a presença do secretário de Obras Públicas, Pedro Luiz Pegoraro, o superintendente da Transerp, Antônio Carlos de Oliveira Jr, e representantes da empresa licitada, a Coesa Engenharia.

“Esse é mais um corredor de um total de 56 quilômetros, previstos no Programa Ribeirão Mobilidade, que cortarão a cidade nos eixos Norte e Sul, Leste e Oeste. Temos o intuito básico de aumentar a fluidez, diminuir o tempo das pessoas dentro do transporte público, ou no trânsito de maneira geral, para poder se deslocar dentro da cidade e levar o menor tempo possível até chegar a seu destino. Estamos trabalhando para que o deslocamento médio seja em torno de meia hora, no máximo”, afirmou o chefe do Executivo durante seu pronunciamento.

Com a assinatura, as obras da avenida Dom Pedro I devem ter início efetivo a partir da próxima semana e, as da avenida Saudade, a partir da primeira semana de fevereiro. Serão duas frentes trabalhando simultaneamente, com prazo de execução de 12 meses.

Todas as esquinas da avenida contarão com rampas de acesso para cadeirantes com piso tátil direcional e de alerta, indicando os pontos de espera e de travessia para deficientes visuais.

Alem, será feito um recapeamento reforçado nas faixas preferenciais de todos os corredores para garantir maior tempo de uso e menor risco de danos devido ao peso do veículo, além do piso de concreto nas paradas de ônibus.

Estrutura

Foto: Alexandre de Azevedo

O corredor de ônibus da avenida Dom Pedro I será implantado da Av. Fábio Barreto até a praça Amin Calil, Av. Mal Costa e Silva, Av. Capitão Salomão, Av. Dom Pedro I, Av. Luiz Galvão Cezar até a Rotatória Alceu Paiva Arantes.

Já o da avenida Saudade será da Av. Mogiana com a Av. Brasil (Praça Antônio Lopes Balau), Av. Brasil, Av. Saudade até a Avenida Francisco Junqueira, pegando um trecho da rua Fernão Sales entre a avenida Saudade e a rua São Paulo, além da rua São Paulo entre a rua Fernão Sales e a avenida Francisco Junqueira.

“A implantação contará com uma faixa exclusiva para ônibus por toda a extensão de cada eixo. Por todo o local, será instalada semaforização inteligente, que abre com a proximidade do ônibus para garantir fluidez e menor tempo de percurso, além de sinalização com botoeiras para pedestres e onda verde”, explicou o secretário de Obras Públicas, Pedro Luiz Pegoraro.