Atualização do Plano SP permite o retorno de atividades presenciais em todo o Estado

A fase de transição, anunciada nesta sexta-feira (16), permite a reabertura do comércio e o retorno de atividades religiosas a partir deste domingo (18)

Foto: Divulgação

Foi anunciado, durante coletiva de atualização do Plano São Paulo, ocorrida no início da tarde desta sexta-feira (16), o avanço do estado para a fase de transição, onde ocorre o retorno gradativo, dividido em duas fases, das atividades presenciais em todo o Estado.

Primeira fase

A partir deste domingo (18), as atividades comerciais poderão funcionar das 11h às 19h. O governo paulista autorizou também a retomada das atividades religiosas, desde que haja restrições para a contenção da Covid-19. As medidas são válidas até o dia 23 de abril.

Segunda fase

A partir do dia 24 de abril, será permitida a reabertura de restaurantes e bares, salões de beleza e barbearias, além de cinema, teatros e museus, das 11h às 19h. O funcionamento de academia, clubes e centros esportivos também está permitido no período das 07h às 11h e 15h às 19h.

Medidas de restrições

Para a retomada das atividades, são exigidas restrições como 25% da capacidade de ocupação do estabelecimento, toque de recolher das 20h às 5h, teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e o escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústria.

Uma nova reclassificação será anunciada pelo governo paulista no dia 1º de maio.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelha) a etapas identificadas como controle (Fase Laranja), flexibilização (Amarela), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul). O plano divide o estado em 17 regiões e cada uma delas é classificada em uma fase, dependendo de fatores como capacidade do sistema de saúde e a evolução da epidemia.

Nenhuma postagem para exibir