Após capotamento, Nogueira faz reunião sobre mobilidade urbana

Reunião foi a primeira realizada pelo prefeito depois do capotamento de seu veículo em rodovia da região

Prefeito Duarte Nogueira durante reunião - Foto: Alexandre de Azevedo

Em sua primeira agenda pública depois do capotamento de seu veículo, ocorrido na noite de domingo, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB), comandou uma reunião técnica na qual apresentou os projetos que serão licitados a partir de 2020 e obras que já foram licitadas e estão sendo iniciadas na área de mobilidade urbana.

O evento teve a participação do secretário de Obras Públicas, Pedro Luiz Pegoraro, e do superintendente da Transerp, Antonio Carlos de Oliveira, verificou os projetos das obras do programa Ribeirão Mobilidade.

Nogueira ressaltou que o Programa Ribeirão Mobilidade está aplicando mais de meio bilhão de reais em investimentos na cidade. “São 28 obras de arte, 56 quilômetros de corredor de ônibus que serão eletronicamente organizados e gerenciados. Superamos 330 quilômetros de asfalto novo, e dos 18,5 quilômetros de ciclovias que Ribeirão Preto tinha em 2017, passaremos para 60 quilômetros no final de 2020, triplicando o número de ciclovias na cidade”, destacou.

Obras

A Secretaria de Obras Públicas já concluiu dez obras do Programa Ribeirão Mobilidade, como as três pontes da avenida Francisco Junqueira e sete frentes de recapeamento asfáltico. Das 16 obras apresentadas na reunião, 10 estão licitadas e em execução ou prestes a serem iniciadas; quatro obras deverão ser licitadas em fevereiro de 2020 e duas estão em fase de elaboração do projeto executivo.

O objetivo do programa é oferecer maior qualidade de vida ao cidadão que utiliza o transporte coletivo urbano, garantindo menos tempo dentro do ônibus, mais agilidade e fluidez no trânsito, redução dos pontos de congestionamento e criação de conexões diretas de um ponto a outro da cidade.